Imprensa

Notícia Coprel Release

Voltar
  • 24.04.2019

  • Geral

Eventos da Coprel em Pontão tem participação expressiva das mulheres cooperantes

Compartilhe:

Para reforçar modelo de governança que possibilita a participação de todos os cooperantes, a Coprel realiza regularmente reuniões nos municípios de atuação. Em Pontão, o projeto Coprel na Escola e a reunião do Conselho Consultivo aconteceu na terça-feira, dia 23 de abril, no Ginásio de Esportes.

Em Pontão, a Coprel leva energia para 1.593 famílias na área  urbana e rural. São 321 quilômetros de rede, 3.968 postes e 372 transformadores instalados. Nos últimos anos a cooperativa investiu mais de R$ 3 milhões e 300 mil no sistema elétrico na região de Pontão.

Durante o Coprel na Escola, os estudantes e professores recebem informações sobre a energia elétrica e instruções sobre a importância da economia, segurança, meio ambiente e cooperativismo. Mais de 500 alunos, professores e funcionários das escolas participaram das atividades e receberam um kit de material didático com apoio do Sescoop/RS.

Durante a tarde, a reunião do Conselho Consultivo contou com a presença de 378 pessoas. Foram apresentados dados técnicos, programas sociais e os investimentos na área de energia e internet realizados na região de Pontão. O encontro teve a presença e participação expressiva das mulheres. O incentivo da participação feminina em todas as atividades da cooperativa faz parte do modelo de gestão e planejamento estratégico da Coprel.

O conselheiro reeleito José Ires Oliveira Bonato, na localidade de Linha Floresta, ressaltou o incentivo da Coprel para a participação dos cooperantes na gestão. “Eu queria que todas as cooperativas tivessem a gestão transparente como a Coprel, e que todos se sentissem representados. A Coprel trata todos iguais, independente se é homem, mulher, onde mora, condições financeiras, todos têm voz na Coprel”.

Para a conselheira eleita, Eliane Maria Schinell, da localidade de Sagrisa, é importante as mulheres também estarem envolvidas com o cooperativismo. Cada vez mais as mulheres estão ganhando lugar de destaque. Nós temos que nos unir para buscar os nossos lugares”, destaca.

Cleci Machado, reside na área urbana de Pontão, foi reeleita para o terceiro mandato como liderança da Coprel no município.  Desta vez como suplente, ela ressaltou a satisfação de ver a representatividade das mulheres no evento. “Eu fiquei muito feliz, pois podemos ver que aqui em Pontão as mulheres estão se superando, que estão buscando as oportunidades. Hoje em dia, as mulheres estão olhando além da sua casa, além da sua propriedade e nesta reunião ficou claro, pela participação das mulheres”.

O modelo de participação familiar é uma característica forte do cooperativismo, onde o associado participa ao expressar as opiniões. As mulheres ainda são minoria nos conselhos da Coprel. Um dos motivos para essa participação menor é que, na maior parte das propriedades e famílias, a unidade consumidora de energia está no nome do homem. E, para se candidatar ao conselho consultivo, é necessário ser cooperante, ou seja, ter a energia em seu nome. Em diversas propriedades, existe mais que uma ligação de energia, nestes casos, o cooperante pode optar por transferir outras unidades consumidoras para o nome da esposa ou filhos, e assim, mais membros da família serem cooperantes da Coprel e terem oportunidade de participar dos conselhos.

Deixe seu comentário