Imprensa

Notícia Coprel Release

Voltar
  • 12.05.2022

  • Energia

Coprel na Escola e reunião do conselho consultivo marcam dia de eventos em Mormaço

Compartilhe:

A Coprel realizou dois eventos importantes no município de Mormaço, no dia 12 de maio, no Salão Navegantes. A comunidade escolar esteve envolvida em uma manhã de diversão e aprendizado, na retomada das atividades do Coprel na Escola, após um período de dois anos sem encontro presencial com os estudantes. E à tarde, os cooperantes atenderam ao convite da Coprel e participaram da reunião do conselho consultivo, que tratou de diversos assuntos e elegeu os líderes que representam o município pelos próximos quatro anos junto à Coprel.

O projeto Coprel na Escola contou com a presença de 211 participantes, entre professores e alunos do 1º ao 6º ano das escolas de Mormaço. Além da peça teatral apresentada, que levou diversão e alegria para os estudantes, os mesmos aprenderam muito sobre a preservação ambiental, recursos hídricos, e os perigos da eletricidade. Todos os participantes levaram para casa uma mochila do projeto com materiais didáticos: caneta, jogo de memória educativo e um caderno com atividades. O Coprel na Escola tem o apoio da secretaria de educação e do Sescoop/RS.

A reunião do conselho foi conduzida pelo presidente Jânio Vital Stefanello e contou com a participação de 222 cooperantes, que acompanharam a apresentação dos dados estatísticos, econômicos e sociais da Coprel, e os investimentos nas áreas de energia, geração e internet. Nos últimos seis anos, foram investidos 2,3 milhões de reais no sistema elétrico de Mormaço.

Na escolha dos líderes do Conselho Consultivo, os cooperantes elegeram como representantes: Alvício Gomes da Rosa, Wagner de Loreno e Paulo da Silva. A Coprel agradece o empenho e dedicação dos conselheiros Alceu Morigi e Silvio Vicari.

Deixe seu comentário

Certifique-se que está fornecendo apenas as informações necessárias para o processamento da sua solicitação. Não envie dados que possam ser considerados sensíveis pela Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, tais como aqueles que revelem sua origem racial ou étnica, convicção religiosa, opinião política, filiação a sindicato ou a organização de caráter religioso, filosófico ou político, dado referente à sua saúde ou vida sexual, dado genético ou biométrico.