Imprensa

Notícia Coprel Release

Grande volume de chuvas e incidência de raios causam faltas de energia em toda a área de atuação da Coprel

Desde quarta-feira, dia 11 de outubro, grandes volumes de chuvas, juntamente com rajadas de vento isoladas, mas de forte intensidade, e muitas descargas atmosféricas, têm atingido todo o estado do Rio Grande do Sul. Na região de atuação da Coprel, estão sendo registradas faltas de energia em toda a área de atuação, e o principal registro é de chave desarmada, o que ocorre em função dos raios. Nos municípios de Panambi, Condor e Santa Bárbara do Sul também houve queda de postes e rompimento de cabos, em função dos ventos e também de galhos de árvores que caíram sobre a rede.

As equipes da Coprel estão trabalhando para restabelecer os defeitos nas redes de energia, priorizando os atendimentos com risco de vida. No entanto, como o tempo chuvoso prossegue nesta sexta-feira, dificulta o trabalho dos eletricistas e o acesso das equipes de construção de redes.

A Coprel orienta aos cooperantes para não se aproximar ou tocar em fios caídos ou quaisquer outros equipamentos elétricos, pois não é possível saber se estão energizados ou não, havendo risco de acidentes. É importante também avisar a cooperativa sobre postes caídos, cabos da rede rompidos e árvores sobre a rede, o que agiliza o trabalho das equipes na identificação e correção dos defeitos.

O Discoprel – Atendimento gratuito 24 horas da Coprel, está à disposição pelos números 116, 0800 51 3196 e 0800 701 3196.

 

INFORMAÇÕES METEOROLÓGIAS

Segundo a Aquaeris Engenharia e Soluções Ambientais, empresa que presta assessoria na área meteorológica para a Coprel, os temporais recorrentes nos últimos dias no oeste do RS se deram devido às formações de sucessivos sistemas de baixa pressão da região entre Paraguai, norte da Argentina e oeste do RS e SC e do constante transporte de umidade e calor do norte do país, fornecido pelos jatos de baixos níveis – fenômeno atmosférico comum nessa região da América do Sul principalmente na primavera.

O acumulado de chuvas de quarta-feira, dia 11, até às 10h desta sexta-feira, ultrapassou os 130 mm de chuva em Ibirubá. As rajadas de vento foram mais intensas no dia 12 de outubro, chegando aos 101km/h em Soledade. Outro dado que chama a atenção é a quantidade de raios no período: o sistema de detecção de raios por município (STARNET/IAG-USP) detectou mais de 3 mil descargas atmosféricas no período, nos 7 municípios em que é feito o levantamento. 

Clique AQUI para fazer o download completo da Nota Meteorológica. 

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS
Preencha os campos abaixo e receba nossas novidades diretamente no seu e-mail
Fechar

Recuperar Senha

Para receber sua senha por email, digite seu número de matrícula no campo abaixo: